Falta de respeito

Detran submete populaçãos a constrangimento


O último dia de atendimento do ano no Detran foi uma calamidade. A equipe de atendimento ficou  reduzida e quem precisou dos serviços do órgão de trânsito foi desrespeitado como cidadão. Na sede, saída para Rochedo, apenas um funcionário fazia o atendimento para renovação da CNH. As pessoas chegaram a esperar mais de quatro horas para serem atendidas.

No setor de entrega de CNH, igualmente, havia apenas uma servidora para atender as pessoas. A maior revolta foi ver as auto-escolas sendo beneficiadas e privilegiadas no atendimento.

O deputado estadual Lídio Lopes presenciou toda a situação e pouco pode fazer. “ Eles alegam que estão em recesso”, disse.

Seria melhor fechar as portas e não prestar um serviço deficiente causando irritação e constrangimento à população. Teve gente que perdeu a manhã inteira e não foi atendido. Por pouco não houve uma rebelião tamanha a insatisfação do povo.


Gosto disso? Compartilhe com os seus amigos!

Share via
Send this to a friend