Ociosidade

Fábio Trad critica reserva de vagas em hospitais da FAB

O deputado federal Fábio Trad está tomando medidas cabíveis para que civis possam ocupar vagas ociosas nos hospitais das forças armadas.

O parlamentar informa que 85% dos leitos não está ocupados e que diante de uma situação grave como a da pandemia é injusto deixar civis morrerem tendo leitos ociosos a disposição e custeado pela sociedade que pagam impostos.

“ Estamos todos no mesmo barco e a vida de um militar é tão importante quando a de um civil. A reserva de vagas dos militares contraria o princípio da dignidade da pessoa humana e o dever constitucional do Estado de oferecer acesso à saúde de forma universal e sem distinção”, disse.